Saiba como descartar o raio-x sem prejudicar o meio ambiente

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Médica observando uma chapa de raio x

Você já deve ter ido a uma clínica de radiologia, realizado um exame de imagem e, depois, ter ficado na dúvida sobre o que fazer com a “chapa”. Afinal, hoje já temos a chance de digitalizar essas imagens para mantê-las armazenadas.

Em vez de descartá-las no lixo tradicional, é essencial ter atenção com o processo para não contaminar o meio ambiente. Isso não tem a ver com qualquer tipo de radiação e, sim, com os metais pesados e com o plástico que compõem uma radiografia. Se ela parar em um aterro sanitário convencional, poderá contaminar o solo e até as fontes de água.

Para não prejudicar o ambiente, veja como descartar corretamente a radiografia de uma clínica de raio-X e tire suas dúvidas!

Encontre pontos de coleta de ações especiais para descartar raio x

Assim como acontece com pilhas e baterias, que também devem ser descartadas corretamente, é muito comum que haja pontos de coleta das radiografias. Principalmente ao procurar uma clínica de radiologia em SP, você notará que há vários locais para direcionar esses exames de imagem.

Nessas áreas específicas, as radiografias serão colocadas em uma solução de soda cáustica, até que todo o metal se desprenda da placa de acetato (que é o plástico). Depois, esse metal é direcionado para indústrias e dá origem a outros produtos.

O processo é complexo e não deve ser feito de maneira doméstica. Por isso, é importante ficar de olho em ações de coleta e em pontos para os quais seja possível direcionar tais exames.

É possível fazer a reciclagem de raio-x. Busque cooperativas de reciclagem

Enquanto os metais são utilizados por indústrias pesadas, o acetato resultante serve para fabricar artesanato e muitas outras peças. Por isso, diversas cooperativas realizam o procedimento e, inclusive, ganham parte dos recursos dessa forma.

Como algumas cooperativas de reciclagem têm parcerias com empresas responsáveis pela separação dos componentes, vale a pena procurar uma dessas opções. Converse sobre a necessidade de a entidade receber os exames feitos em uma clínica de radiologia e como é o processo.

Na maior parte das vezes, basta combinar data e local da entrega para que as chapas recebam o destino adequado — e sem que prejudiquem o meio ambiente.

Pergunte a uma clínica de radiologia de confiança onde você possa fazer a reciclagem de raio-x

O descarte desses exames não é de responsabilidade de uma clínica de raio-X. No entanto, é possível contar com a ajuda de uma boa empresa do ramo para fazer a eliminação adequada do exame.

É o caso de escolher uma clínica de radiologia em SP para fazer seus exames e, depois, pedir auxílio no momento do descarte. Pode ser que o time conheça alguma cooperativa ou ponto de coleta e para que você possa direcioná-lo.

Inclusive, vale até considerar a possibilidade de selecionar uma clínica de radiologia moderna e que ofereça o raio-X digital. Desse modo, você nunca mais vai precisar se preocupar com o descarte e, ainda assim, poderá armazenar todos os exames realizados.

O descarte correto dos exames feitos em uma clínica de radiologia é essencial para evitar prejuízos ao meio ambiente. Além de utilizar essas dicas, é interessante optar por uma clínica de raio-X digital para não ter que lidar mais com essa questão.

Se quiser outras informações e acompanhar novidades, curta nossa página no Facebook e nos siga no Twitter!





Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×